Mapa do Site

Facebook

Notícias

Governo já admite rever a revogação da Lei que regulamenta o Corretor de Seguro

November 21, 2019

1/10
Please reload

Acompanhe nossa página no Facebook!

ACONSEG-RJ - Associação das Empresas de Assessoria e Consultoria de Seguros do Rio de Janeiro

Rua do Rosário, 61 | sala 202/203 | Centro, Rio de Janeiro, RJ | Cep: 20041-003

Desenvolvido por:

Seguro auto pode diminuir em até 10%

13/09/2019

 

Autarquia avaliza uso de peças não originais e impacto é positivo para o mercado; Medida é apenas para sinistros

 

O custo do seguro auto deve diminuir em até 10% no País em razão de circular da Superintendência de Seguros Privados (Susep),  avalizando a utilização de peças não originais para o reparo de veículos. A autarquia afirma no instrumento que há base legal para que as seguradoras possam usar peças não originais nos sinistros de danos parciais. Em Goiás, o percentual de frota segurada é 13%.

 

A circular, que tem como base parecer jurídico da Procuradoria Federal junto à Susep, oferece segurança jurídica para a utilização de usadas, peças novas, originais ou não, nacionais ou importadas, no âmbito da Lei nº12.977/2014. Até então o setor, como não havia regulamentação específica, utilizava apenas peças novas e originais.

 

No entanto, a circular é bem clara e específica para casos de sinistro e determina que as peças atendam às especificações técnicas exigidas pelo fabricante do veículo. Também é exigido que o consumidor seja informado e dê sua autorização já na apólice.

 

Oportunidades

 

Graças à nova medida, as seguradoras vão poder lançar novos produtos no mercado, tornando o preço do seguro mais acessível ao consumidor. A restrição a componentes originais tornava o reparo do veículo mais caro e, consequentemente, o seguro auto também. Em Goiás, o percentual de frota segurada é de cerca de 13%. Se considerarmos a frota segurável – veículos com até 10 anos – esse percentual sobe para cerca de 42%.

 

Com a norma, a tendência é que o setor de seguros legalizado possa competir efetivamente, no que se refere a preços de produtos, com as associações de proteção veicular. A circular também cria um cenário mais favorável para a aplicabilidade da Lei do Desmonte, que impacta na diminuição de furtos e roubos e meio ambiente.

 

A medida também pode ter impacto na viabilização de uma grande demanda do setor, o seguro auto popular para a frota antiga (veículos com mais de 10 anos). Além disso, a norma da Susep propicia o desenvolvimento de mercado de disponibilização online de peças, o que pode contribuir para diminuir o tempo e custo nos sinistros.

Please reload

PHOTO-2019-01-18-09-51-42.jpg
Posts Em Destaque

Governo já admite rever a revogação da Lei que regulamenta o Corretor de Seguro

21/11/2019

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload