Mercado continua concentrado no Sudeste e Sul

14/12/2018

 

Nova edição do estudo “Análise Estatística – Fenacor”, que analisa a evolução mensal do mercado de seguros brasileiro, com enfoque no desempenho dos estados e regiões, com base em dados oficiais da Susep, indica que não houve mudanças nas participações das regiões Sudeste e o Sul na receita global do setor acumulada até outubro.

 

A pesquisa apurou que os sete estados que integram as duas regiões geraram o equivalente a 79% da receita global.


O Sudeste manteve, com folgas, a liderança do setor com 60% do faturamento do mercado. Já a Região Sul ficou com 19%.


Já o Centro-Oeste, que em setembro havia aumentado a sua fatia no bolo de 9% para 10%, voltou a ter a participação anterior. Com isso, ficou “empatado” com o Nordeste, ambos com 9% da arrecadação nacional.


O Norte ficou também manteve estável a sua participação, com apenas 2%.


Em termos percentuais, os maiores crescimentos da receita foram apurados no Norte (14%), Nordeste e Sul (ambos com 8%). O Sudeste e o Centro-Oeste avançaram 6%.
A pesquisa foi coordenada pelo consultor Francisco Galiza, segundo o qual a receita de seguros total do setor somou R$ 93,6 bilhões até outubro (sem considerar o VGBL), com crescimento de 7%.


Ele revela que esse percentual, mais uma vez, está influenciado pelo seguro DPVAT. “Quando excluímos a receita desse ramo de seguro, o percentual de crescimento sobe para 9%”, explicou.

Please reload

PHOTO-2019-01-18-09-51-42.jpg
Posts Em Destaque

Bradesco Seguros lança Saúde Digital: plataforma de telemedicina para atendimento em diversas especialidades médicas

31/07/2020

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

AconsegRJ_BannerG_970x150.jpg