Planos de risco de seguros de pessoas e ramos elementares sem DPVAT lideraram o crescimento do setor em 2017

20/02/2018

 

Considerado pelo presidente da CNseg, no editorial da 15ª edição da Carta do Seguro, como um ano positivo para o seguro, 2017 testemunhou o crescimento de 21,4% dos ramos de Crédito e Garantias, de 13,1% do Seguro Rural e de 11,7% dos planos de Risco de Pessoas. Contando com o Seguro DPVAT, a arrecadação total do setor em 2017 foi de R$ 247,1 bilhões, com as provisões técnicas alcançando o patamar de R$ 905,7 bilhões.

 

Esta última edição da publicação digital mensal da Confederação também traz artigo do economista e professor da PUC-Rio Luiz Roberto Cunha em que analisa os impactos positivos na economia gerados pela baixa inflação de 2017, além de traçar perspectivas para 2018.

 

E realizando sua já tradicional análise conjuntural, o economista da Escola Nacional de Seguros, Lauro Faria aponta que em 2017 os planos de risco de seguros de pessoas e ramos elementares sem DPVAT assumiram a liderança no ranking de crescimento entre os principais grupos, ultrapassando os planos de acumulação de coberturas de pessoas, que lideraram o crescimento em 2016.

Please reload

PHOTO-2019-01-18-09-51-42.jpg
Posts Em Destaque

Bradesco Seguros lança Saúde Digital: plataforma de telemedicina para atendimento em diversas especialidades médicas

31/07/2020

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

AconsegRJ_BannerG_970x150.jpg