Venda de veículos novos cresce 27,5% no Brasil em outubro

02/11/2017

 

Comparação é com o mesmo mês do ano passado. No acumulado de 2017, alta é de 9,28%.

 

A venda de carros, comerciais leves, caminhões e ônibus novos cresceu 27,56% em outubro, na comparação com o mesmo mês de 2016, informou a federação dos distribuidores, a Fenabrave, nesta quarta-feira (1).

 

No mês passado foram emplacados 202.860 veículos, contra 159.032 em outubro do ano passado. É o segundo melhor resultado do ano, atrás apenas de agosto, que registrou 216 mil unidades.

No acumulado do ano, foram vendidos 1,82 milhão de veículos novos no país - uma alta de 9,28% sobre o verificado no mesmo período do ano passado.

 

Venda de veículos novos no Brasil em 2017

 

O avanço é puxado pelas vendas de automóveis e comerciais leves (picapes, vans e furgões), que representam a grande maioria dos emplacamentos e tiveram crescimento de 26,9% no mês e 9,69% no acumulado do ano, também na comparação com os mesmos períodos de 2016.

 

Por marcas

 

Entre os carros de passeio e comerciais leves, a General Motors (GM)liderou o mercado brasileiro por mais um mês, com 18,5% do total ou 36.517 emplacamentos.

 

Em seguida, aparece a Fiat com 25.707 unidades (13,07%) e a Volkswagen com 23.659 unidades (12,03%).

 

Por modelos

 

O Renault Kwid não conseguiu manter o bom desempenho de vendas de setembro, quando ficou com a vice-liderança do mercado, e caiu para a 17ª posição no mês de outubro.

 

Cada vez mais líder, o Chevrolet Onix segue na primeira posição, com quase o dobro do segundo colocado, o Ford Ka. O Hyundai HB20aparece logo atrás, em terceiro.

 

Entre os SUVs, o Jeep Compass ultrapassou o Honda HR-V e virou o novo líder do segmento mais quente do momento, no acumulado de janeiro a outubro.

 

Pesados

 

O setor de veículos pesados mostra recuperação, mas ainda não conseguiu reverter o resultado negativo do início do ano.

 

As vendas de caminhões subiram 47% em outubro, para 5.055 unidades, enquanto as de ônibus aumentaram 54,56%, para 1.170 unidades.

 

Mesmo assim, no acumulado do ano, o segmento ainda apresenta queda de 2,84%.

 

Motos

 

Com problemas no crédito, o mercado de motocicletas também "patina" ainda. Em outubro, foram emplacadas 68.235 unidades, o que representa uma alta de 5,37% sobre o mesmo mês de 2016. No entanto, no acumulado do ano, ainda há queda de 15,76% nas vendas.

Please reload

PHOTO-2019-01-18-09-51-42.jpg
Posts Em Destaque

Em live com corretores, Dal Ri e líderes comerciais falam de campanhas e venda da operação de Auto e Massificados

02/06/2020

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload