Mapa do Site

Facebook

Notícias

Aconseg-RJ manifesta pesar pelo falecimento de Gumercindo Rocha Filho, presidente do IBRACOR

December 9, 2019

1/10
Please reload

Acompanhe nossa página no Facebook!

ACONSEG-RJ - Associação das Empresas de Assessoria e Consultoria de Seguros do Rio de Janeiro

Rua do Rosário, 61 | sala 202/203 | Centro, Rio de Janeiro, RJ | Cep: 20041-003

Desenvolvido por:

Telemetria pode revolucionar a indústria de seguros

06/04/2017

 

Os seguros automotivos estão muitos próximos de uma transformação profunda proporcionada pelo avanço de novas tecnologias como, por exemplo, o uso da telemetria. De acordo com estudos da Swiss Re, esse é um caminho sem volta e que trará aumento na segurança para motoristas e a possibilidade de implementação de um novo modelo de precificação para as seguradoras. Essas novidades serão apresentadas pela companhia no 6º Encontro de Resseguro do Rio de Janeiro, dias 5 e 6 de abril.

 

No painel “O Futuro das Organizações”, que contará com Katia Miyaki, subscritora de riscos de responsabilidade civil, a empresa abordará o conceito do seguro baseado no perfil do usuário. Está claro que, em breve, será possível às seguradoras utilizarem as informações de motoristas (perfil de uso dos seus carros, rotina de deslocamento, prudência ao volante, manutenção do veículo) para oferecer produtos mais personalizados e, eventualmente, com custo mais competitivo.

 

Segundo Florian Kummer, head Property & Casualty para a América Latina, a utilização da internet das coisas e de diversas tecnologias nos veículos possibilitarão o surgimento de novos serviços. “A forma como nós nos comportamos ao utilizar diferentes produtos e serviços será cada vez perceptível para as empresas. Se identificamos que um usuário possui um perfil ao menor risco, poderemos oferecer condições e produtos diferenciados e com valores mais precisos”, revela Kummer.

 

À medida que mais veículos se conectam, surgem oportunidades para as seguradoras e montadoras analisarem comportamentos de motoristas ao dirigir e criarem sistemas de alertas que permitam uma condução mais segura. Por exemplo, uma empresa pode criar um sistema capaz de enviar alertas direto ao painel do veículo relatando sobre a qualidade do combustível, do óleo do motor ou outros componentes do carro e até mesmo sobre mudanças climáticas na rota habitual.

Please reload

PHOTO-2019-01-18-09-51-42.jpg
Posts Em Destaque

Aconseg-RJ manifesta pesar pelo falecimento de Gumercindo Rocha Filho, presidente do IBRACOR

09/12/2019

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload