Mapa do Site

Facebook

Notícias

COVID-19: SulAmérica Auto reforça ações para atendimento ao cliente com apoio da tecnologia

April 1, 2020

1/10
Please reload

Acompanhe nossa página no Facebook!

ACONSEG-RJ - Associação das Empresas de Assessoria e Consultoria de Seguros do Rio de Janeiro

Rua do Rosário, 61 | sala 202/203 | Centro, Rio de Janeiro, RJ | Cep: 20041-003

Desenvolvido por:

Porto Seguro não dá um passo sem ouvir o Corretor

15/08/2016

 

 Ele destacou ainda a importância segmentação e disse que a Porto Seguro tem a preocupação de montar produtos “para os mais variados perfis”, ajudando o corretor a atender diferentes públicos.

 

O executivo disse também há uma expectativa positiva a respeito do potencial do seguro auto popular, cuja regulamentação está sendo revista pela Susep. Além disso, revelou que, pessoalmente, não vê a Internet como um canal de vendas. “Ela (Internet) serve para aproximar a companhia do corretor e do segurado”, argumenta.

 

Para ele, as relações de mercado estão mudando, o que favorece o corretor de seguros, que é visto como um consultor, o especialista no assunto, e que, por essa razão, “continuará sendo fundamental”. Nesse contexto, Pomarole acredita que o corretor deve “focar em uma prioridade” e procurar aproveitar o contato com o cliente para oferecer outros produtos, além daquele no qual é especialista.

 

Em entrevista exclusiva ao CQCS, o diretor executivo de Produção da Porto Seguro, Luiz Pomarole, afirmou que a companhia “não dá um passo sem ouvir os corretores de seguros”.  Segundo ele, a Porto Seguro se orgulha de ter mais de 20 mil corretores cadastrados e, para atender a esses parceiros, a seguradora investe forte, promovendo diversas campanhas e treinamentos. “A companhia entende que não adianta ela crescer sozinha. Queremos crescer junto com o Corretor. A intenção é ajudar e incentivar o corretor”, acrescenta.

 

Otimista, Luiz Pomarole aponta alguns nichos de mercado que o corretor de seguros pode explorar com sucesso nos próximos meses. O diretor da Porto Seguro assegurou que até mesmo no ramo Auto, que historicamente atrai mais atenção do corretor, há muito espaço para ser ocupado. “Apenas 30% da frota nacional de veículos têm seguro. E somente 14% das residências estão cobertas pelo seguro. Então, há um mercado imenso a ser explorado”, observa.

Please reload

PHOTO-2019-01-18-09-51-42.jpg
Posts Em Destaque

COVID-19: SulAmérica Auto reforça ações para atendimento ao cliente com apoio da tecnologia

01/04/2020

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload